domingo, 21 de janeiro de 2018

O Ano Lunar em Selos de Macau

No início do Ano Lunar Chinês já é habitual os Correios e Telecomunicações de Macau lançarem a emissão filatélica correspondente a cada ano, uma emissão que mostra o trabalho artístico que representa o Animal do Zodíaco Chinês. Este ano é o Cão, e esta Administração Postal pôs a circular no dia 5 de Janeiro esta série de cinco selos e um bloco filatélico com um selo em forma de losango, como mostro nas imagens.

É um trabalho artístico de Wilson Chi Ian Lam, com trabalho de impressão de Joh. Enschedé Security Print, da Holanda, para o bloco filatélico, e de Sprintpak, da Austrália, para a série de selos. No selo de "Cão de Terra" foi utilizada a técnica de relevo, para realçar o bule em forma de cão. Foram editados também cinco bilhetes postais, deste mesmo tema para máximos, e os sobrescritos de primeiro dia. No dia 31 de Janeiro vão lançar as etiquetas postais comemorativas deste "Ano do Cão", e também já puseram a circular as moedas comemorativas de colecção, em Prata e Ouro, no dia 8 deste mês.

O Ano Novo Chinês de 2018 começa a 16 de Fevereiro, e termina a 4 de Fevereiro de 2019, marcando o início do Festival da Primavera, e na Ásia serão realizadas várias festividades e feriados alusivos a este tema. Segundo as tradições chinesas, este é um signo que se rege pela honestidade, lealdade e protecção dos mais fracos.




sábado, 20 de janeiro de 2018

Noticiário de Marcofilia - Janeiro - III

Um carimbo comemorativo e um conjunto de carimbos de primeiro dia, são as novidades da marcofilia portuguesa para estes últimos dias de Janeiro, se não surgir algum outro carimbo de última hora, claro. Os CTT - Correios de Portugal criaram estas marcas postais para o dia 25, comemorativa do "35º Aniversário da Escola Secundária D. Manuel Martins", em Setúbal, e no dia 31 para a emissão filatélica "Doces Tradicionais de Portugal - 2º Grupo Autoadesivos".

Estes carimbos serão apostos nas correspondências apresentadas para o efeito, nos locais e datas que indico aqui:


sexta-feira, 19 de janeiro de 2018

Leilão na Feira Mundial do Dinheiro

A "47th World Money Fair'18", que se realiza de 2 a 4 de Fevereiro, em Berlim, vai contar com a participação de coleccionadores, expositores, comerciantes de numismática de vários pontos do mundo, grandes casas leiloeiras, e todo um programa de conferências, debates técnicos e outras iniciativas. Uma das grandes leiloeiras de numismática, Fritz Rudolf Künker GmbH & Co. KG, de Osnabrück, na Alemanha, vai estar presente e com leilão ao vivo nesta Grande Feira Mundial. Esta é a leiloeira de numismática que divulgo regularmente as suas vendas, com excelentes catálogos muito ilustrados e com descrição pormenorizada de cada peça e lote. Esta "Feira Mundial do Dinheiro - Berlim 2018", vai ter lugar no Centro de Congressos Estrel, em Berlim.

No dia 1 de Fevereiro, esta Casa Leiloeira Fritz Rudolf Künker, realiza os seus Leilões Numismáticos nº 300 a 302, no Hotel Estrel, em Berlim, realizando a seguir, nos dias 7 e 8 de Fevereiro um Leilão por Internet, o número 303, com lotes da numismática da Saxónia, que estarão em exposição durante a realização da feira. Do conjunto dos vários leilões, recebi o catálogo do Leilão nº 302, das moedas e medalhas mundiais, com especial destaque para os Estados Alemães, a Grã-Bretanha e a Rússia. São seiscentos e trinta e seis lotes que estarão à venda deste catálogo, que nos mostra na sua capa uma das grandes estrelas desta venda, o lote nº 1386, 2 guinéus da Grã-Bretanha, de 1711. Mas como esta há muitas outras peças a rondar estes valores, de grande raridade e qualidade. Vejam no site toda esta venda, e os outros catálogos que não mostro aqui, mas que estão disponíveis online para consulta e licitação. Vejam e participem.

quinta-feira, 18 de janeiro de 2018

As Viagens do Papa Francisco

Começou esta semana um novo périplo do Papa Francisco pelo mundo, desta vez pela América do Sul. Estas viagens têm sido assinaladas com emissão filatélica anual, reportando ao ano anterior, ou seja, no dia 23 de Novembro o Ufficio Filatelico Numismatico da Città del Vaticano lançou a emissão "Viagens do Papa Francisco no Mundo em 2016". Como se inicia esta semana um novo ciclo destas viagens, trago esta emissão que ainda não tinha divulgado.

Cada selo mostra uma representação dos locais visitados, e cada um tem trabalho artístico de autor diferente. Assim temos o selo dedicado à viagem ao México, que se realizou de 12 a 18 de Fevereiro de 2016, mostrando o Papa abraçar uma menina vestida com traje típico, e uma imagem da Virgem de Guadalupe, um trabalho artístico de Orietta Rossi. A seguir vem o selo dedicado à visita que realizou à Ilha de Lesbos, na Grécia, a 16 de Abril, para contactar com refugiados que chegaram à ilha, e que estão representados no selo, assim como o Patriarca Ecuménico Bartolomeu e o Arcebispo de Atenas, Jerónimo II, num trabalho artístico de Gabriella Titotto.

A visita à Arménia aconteceu de 24 a 26 de Junho de 2016, e a designer Daniela Longo representa o Papa Francisco junto do Monumento ao Genocídio Arménio de Erevan. Já na Polónia, de 27 a 31 de Julho, o Papa participou nas "XXXI Jornadas Mundiais da Juventude", e a artista Daniela Fusco representa-o a orar junto do Campo de Concentração de Auschwitz. Os últimos dois selos mostram as viagens à Geórgia e Azerbaijão, e a viagem à Suécia. O autor do desenho do primeiro selo, Patrizio Daniele, representa a Mesquita de Bibi Heybat, em Baku, e a Virgem do Palácio do Patriarcado de Tbilisi, unidas por uma pomba da Paz, viagem realizada de 30 de Setembro a 2 de Outubro. A viagem à Suécia aconteceu de 31 de Outubro a 1 de Novembro, para assinalar os "500 Anos da Reforma Protestante", e o autor do desenho, Chiara Principe, mostra o Papa Francisco e o Bispo Munib Yunan, Presidente da Federação Luterana Mundial, assinarem uma declaração conjunta na Catedral de Lund.



quarta-feira, 17 de janeiro de 2018

Leilões Filatélicos de Janeiro - III

Hoje trago-vos um leilão filatélico que é habitual divulgar nesta rubrica, o Leilão Postal nº 222 de Auckland City Stamps, de Auckland, na Nova Zelândia, dirigido pelos amigos David Holmes e Nigel Shanks, leilão que encerra no próximo dia 23, com este excelente catálogo que nos traz dois mil quinhentos e setenta e três lotes para venda. As imagens das capas revelam a grande qualidade das peças filatélicas da Nova Zelândia que serão leiloadas, uma ínfima parte dos muitos milhares de selos e peças que estarão à venda, com a filatelia da Nova Zelândia em grande destaque, como é habitual nestas vendas.

Para além da filatelia, vamos encontrar também postais ilustrados antigos da Nova Zelândia, muitos deles que são peças muito interessantes para incluir nas colecções de filatelia temática. Acedam ao site desta Casa Filatélica da Nova Zelândia, e acompanhem esta e outras vandas que realizam ao longo do ano. A filatelia da Nova Zelândia é o grande destaque destes leilões, como já referi, mas aqui vamos encontrar selos e peças filatélicas de todo o mundo, muitos lotes da Grã-Bretanha e Comunidade Britânica, história postal, colecções e acumulações da Austrália, Grã-Bretanha, Nova Zelândia e mundiais, selos a peso e muito mais. A primeira capa mostra grandes estrelas desta venda, com valores muito altos de início de licitação, como podem ver acedendo ao site desta Casa Filatélica da Nova Zelândia. Participem.

Outros leilões que acontecem nos próximos dias, com ligação directa a estas casas filatélicas e leiloeiras:

- A. Karamitsos

- Nordphila

- Hettinger Auktionen

- Spink - Londres

- Filsam - Filatelia Sammarinese



terça-feira, 16 de janeiro de 2018

Selos da Madeira Auto-adesivos

Ontem, dia 15 de Janeiro, foi lançada a primeira emissão filatélica deste ano, dos CTT - Correios de Portugal, a primeira das mais de vinte cinco emissões que serão lançadas neste ano de 2018, a emissão "Madeira Auto-adesivos", uma série que tem vindo a ser comercializada todos os anos, recuperando temas e imagens de selos emitidos em anos anteriores, com goma normal, e que agora são disponibilizados em carteiras de auto-adesivos.

Cada carteira apresenta trinta selos, seis séries completas destes cinco selos que mostro na imagem, selos que foram lançados entre 2012 e 2015, como: o selo da "Levada da Fajã do Rodrigues", de 2012, com design de Pedro Ferreira, e foto de Ana Sé/Instituto das Florestas e da Conservação da Natureza, IP-RAM; o selo da "Sé Catedral do Funchal", de 2013, com design de Atelier Design&etc/Hélder Soares, e fotografia de Westend61/Fotobanco; o selo da série "Jardins de Portugal - Quinta do Palheiro Ferreira", de 2014, com design de AF Atelier, e foto de David Francisco; o selo da série "Festa da Flor - Mercado da Flor", de 2015, com design de AF Atelier, e fotografia de Francisco Correia/Turismo da Madeira; e o selo da série "Frutas de Portugal - Banana da Madeira", de 2015, com design e ilustrações de Natali Nascimento e Terra Projectos, e fotografia de AGE/Fotobanco.

Esta série de auto-adesivos lançada ontem, tem trabalho gráfico de Atelier Design&etc/Túlio Coelho, e impressão dos Correios da Bélgica - Bpost, apresentando valor facial E20g, do correio normal para a Europa.

segunda-feira, 15 de janeiro de 2018

Noticiário de Marcofilia - Janeiro - II

Anunciam-se novas marcas postais comemorativas para esta semana, criadas pelos CTT - Correios de Portugal, para assinalar os "50 Anos do Núcleo Regional do Centro da Liga Portuguesa Contra o Cancro", no dia 20, em Coimbra, e também no dia 20, o carimbo comemorativo da "Taça CTT Final Four", com edição de um Inteiro Postal N20gr., alusivo ao mesmo tema, a ser aposto em Braga.

Estes carimbos serão apostos nas correspondências apresentadas para o efeito, nos locais e datas que indico aqui:


domingo, 14 de janeiro de 2018

Prémios de Literatura Filatélica

A Federação Portuguesa de Filatelia - A.P.D., informa que estão abertas as candidaturas aos "Prémios de Mérito Filatélico - Literatura", até ao dia 28 de Fevereiro, prémios que visam promover o desenvolvimento da Literatura Filatélica Portuguesa, e incentivar a produção literária por parte dos escritores, publicistas e jornalistas filatélicos portugueses, ou estrangeiros que se dediquem à Filatelia Portuguesa. Esta candidatura pode ser apresentada por associações filatélicas ou pelos autores individualmente, desde que estejam integrados na estrutura da Federação Portuguesa de Filatelia.

Estes prémios, a que já me referi em outras ocasiões, são: o Prémio "Godofredo Ferreira", para o melhor livro dedicado à filatelia em geral, ou a uma ou a mais das suas disciplinas, sob a forma de estudo, manual ou monografia; o Prémio "O Philatelista", para o melhor periódico editado por entidades sem fins lucrativos, jornais, revistas ou outras publicações filatélicas; o Prémio "A. Guedes de Magalhães", para o melhor autor que apresenta os seus trabalhos em publicações, artigos ou crónicas; o Prémio "Carlos Trincão", para outras obras não incluídas nos prémios anteriores, como as publicações de exposições; o Prémio "Aníbal Queiroga", para o melhor website e blog de filatelia; e o Prémio "Juvenil de Literatura Filatélica", para o melhor autor. Estes são alguns excertos do regulamento destes Prémios de Mérito Filatélico - Literatura, que a Federação Portuguesa de Filatelia apresenta no seu website.

O resultado da apresentação destas candidaturas é revelado normalmente nas comemorações do Dia do Selo, ou noutras manifestações filatélicas que se realizam mais perto do fim de cada ano.

sábado, 13 de janeiro de 2018

Publicações recebidas - Janeiro - I

Já começaram a chegar as novas publicações filatélicas deste ano, excelentes órgãos oficiais de federações filatélicas, que nos desejam um Bom Ano Novo de 2018, nas suas bonitas capas. É o que acontece com «Filatelista» nº 1 de 2018 (1143), o órgão oficial da União dos Filatelistas Polacos - Polski Zwiazek Filatelistów, que faz votos do cumprimento dos nossos desejos neste ano, que passam obrigatoriamente também pela filatelia e pelas nossas colecções. Um dos temas que a publicação apresenta com chamada na capa, e desenvolvimento no interior com artigo muito ilustrado de Jan Swadzba, é sobre "As Montanhas Tatra no Inverno" com selos e peças filatélicas alusivas a este tema. Apresenta ainda a segunda parte do estudo de Andrzej Klosinski, sobre "História do Correio Aéreo na Polónia", e muitos outros artigos de grande qualidade da filatelia temática e história postal, assim como notícias da vida associativa polaca.

O Fogo de Artifício rebenta neste Ano Novo, e a capa de «Die Briefmarke - Post und Philatelie in Österreich» nº 1 de 2018 assim o reproduz, mostrando que este Ano Novo começa em festa, e que tem de continuar assim. Este é o órgão oficial da Federação Filatélica da Áustria - Verband Österreichischer Philatelistenvereine, que mostra na capa o selo que vai ser lançado pelos Correios da Áustria no dia 22, "Tuba Vienense", com trabalho artístico de Maria Schulz. Mas contêm mais informação de outros lançamentos desta Administração Postal no suplemento "Album", os selos personalizados, os carimbos e muito mais. Quanto aos artigos de fundo, são especializados em história postal, filatelia temática e tradicional, assim como muita informação das actividades das associações locais, dos jovens filatelistas, e da vida associativa desta federação. Um dos destaques é a reportagem sobre uma visita escolar ao Centro de Distribuição Postal dos Correios Austríacos.

A revista «Clube do Colecionador» dos CTT - Correios de Portugal, número 2 do Ano XXXII, referente ao semestre de Julho a Dezembro de 2017, apresenta na capa uma réplica 1:1 de capacete «Sandtrooper», da Saga Star Wars, uma peça da colecção particular de João Correia, com foto de Nuno Delícias Fotografia. Este coleccionador apresenta um texto sobre estes filmes, sobre as colecções deste tema e sobre a Legião 501, que fundou em Portugal. Para além disto, têm também a emissão filatélica que foi lançada no dia 25 de Agosto, para comemorar os "40 Anos de Star Wars". Como é uma revista de coleccionismo, apresenta outras colecções e textos dedicados a elas, como os "Marcadores de Livros", de Vera Valadas Ferreira, o texto "Uma Viagem ao Entrudo Chocalheiro", de Ana Catarina Silva, com a numismática em destaque, ou o texto de Samuel Alemão "A Sedução dos Cafés Portugueses com História", que teve emissão filatélica e edição de livro temático, entre outros textos que completam esta edição.



 

sexta-feira, 12 de janeiro de 2018

Novidades dos Correios da Croácia

O Campeonato Internacional de Patinagem Artística de Zagreb, "50th Golden Spin of Zagreb", que se realizou de 6 a 9 de Dezembro passado, foi motivo para este primeiro selo que mostro nas imagens, lançado pelos Correios da Croácia - Hrvatska posta no dia 27 de Novembro. Esta competição, que se realiza desde 1967, serve também para qualificar atletas para os Jogos Olímpicos de Inverno, que este ano acontecem em Fevereiro , na Coreia do Sul. É um trabalho do designer Dean Roksandic, de Zagreb.

O selo de Natal mostra uma obra que está em exposição no Museu Diocesano da Arquidiocese de Zagreb, e que na sua criação, do selo, contou com a colaboração da Igreja da Imaculada Conceição da Virgem Maria, de Lepoglava. O trabalho gráfico é de Orsat Frankovic, e a fotografia é de Nedjeljko Pintaric. Os "100 Anos da Faculdade de Medicina da Universidade de Zagreb", é o tema do selo que mostro a seguir, um design artístico de Alenka Lalic, e com fotografia de Marko Ercegovic. O selo representa uma escultura em relevo de Robert Franges Mihanovic (1872-1940). O primeiro dia de circulação deste selo foi a 4 de Dezembro.

As últimas imagens são da emissão de Arte Visual, estes três selos que mostram obras de pintura de Robert Auer "Pela Luz Vermelha", óleo sobre tela de 1911, de Ferdo Kovacevic "Bora", óleo sobre tela de 1910, e de Ivan Tisov "Astrónomo", de 1900. Os designers desta emissão foram Ivana Vucic e Tomislav-Jurica Kacunic, e a fotografia é de Goran Vranic. Estas pinturas são da colecção da Galeria Moderna, de Zagreb. O primeiro dia de emissão foi a 1 de Dezembro.






quinta-feira, 11 de janeiro de 2018

Emissões das Nações Unidas

A Administração Postal das Nações Unidas lançou nos últimos meses de 2017, estas emissões filatélicas que vos mostro hoje, como esta do "Dia Internacional da Paz", celebrado a 21 de Setembro com esta série de seis selos, dois para cada sede da ONU de Viena, Nova Iorque e Genebra. É um trabalho de design de Stranger & Stranger, e com impressão de Joh. Enschedé  Security Print, da Holanda. Numa altura destas em que a Paz Mundial é tão frágil, o tema destas jornadas não podia esquecer quem teve de abandonar os seus países, pela guerra, pela fome e pelas alterações climáticas, sendo por isso a campanha intitulada «Juntos pela Paz: Respeito, Segurança e Dignidade para todos». Para além destes selos que mostro, foram emitidos três blocos filatélicos com um selo cada, e os sobrescritos de primeiro dia.

A 27 de Outubro lançaram este bloco filatélico com três selos, «Declaração Universal dos Direitos Humanos», no mesmo dia em que era inaugurada a exposição "United Nations Expo 2017", em Bellefonte, na Pennsylvania. Os selos têm o maior número de palavras que alguma vez foram impressas em selos postais, e a imagem de fundo do bloco representa Eleanor Roosevelt com um dos originais deste documento. É um trabalho artístico de Rori Katz, das Nações Unidas. O último bloco assinala a presença da Administração Postal das Nações Unidas no "71º Salão Filatélico de Outono", que se realizou em Paris, de 9 a 12 de Novembro, com trabalho artístico de Sergio Baradat, mostrando monumentos emblemáticos da capital francesa.





quarta-feira, 10 de janeiro de 2018

Notícias da Numismática - Janeiro - I

A Imprensa Nacional Casa da Moeda acaba de lançar a primeira emissão numismática deste ano em Portugal, a Série Anual Bebé para 2018, o conjunto completo das moedas correntes com acabamento FDC - Flor de Cunho, uma emissão que acontece no início de cada ano para assinalar o nascimento de uma criança. Como podem ver pela imagem, ou consultando o site da Casa da Moeda, podem ver que esta carteira com as moedas pode ser personalizada com os primeiros dados biográficos do bebé. O lançamento foi realizado hoje, dia 10 de Janeiro.

São as moedas de euros e de cêntimos normais, com trabalho artístico de Luc Luycx e Vitor Santos, para a face comum europeia, e para a face nacional respectivamente, em latão e cuproníquel, com limite de produção a três mil e quinhentos exemplares, ao preço de €30,75 cada carteira.

Agora deixo aqui algumas ligações a sites de leiloeiras, que vão realizar vendas numismáticas nos próximos tempos, como: Münz Zentrum Rheinland, na Alemanha, nos dias 17 e 18 de Janeiro; Gerhard Hirsch Nachf, de Munique, de 6 a 10 de Fevereiro; Christoph Gärtner, na Alemanha, nos dias 8 e 9 de Fevereiro; e Cayón Numismatica, em Madrid, no dia 31 de Janeiro.

terça-feira, 9 de janeiro de 2018

Leilões Filatélicos de Janeiro - II

A casa de coleccionismo e leiloeira da Noruega, Skanfil Auksjoner as, de Oslo, vai realizar nos dias 19 e 20 de Janeiro o seu Leilão nº 201, com este excelente catálogo muito ilustrado que apresenta sete mil oitocentos e dezanove lotes para venda, não só de filatelia, como podem ver nestas imagens das capas, mas também de outras áreas do coleccionismo, como a numismática, os documentos antigos, os postais, as miniaturas de veículos, livros, joalharia e muito mais. Acedam ao site e vão descobrir toda esta primeira venda deste ano desta casa de coleccionismo, que tem lojas noutras localidades, assim como na Dinamarca e Suécia.

O grande destaque do leilão filatélico vai para os países nórdicos, com a Noruega em grande relevo, desde a história postal e pré-filatelia até meados do século passado, com selos, peças filatélicas e colecções de grande qualidade e raridade. Mas os outros países também estão muito bem representados, assim como a Europa e o resto do mundo com muitas primeiras emissões, variedades e erros. Outros destaques vão para os cerca de seiscentos lotes de postais ilustrados antigos, a colecção de história postal do Norte da Noruega de Jan Normann Svendsen, uma colecção de marcofilia rara que esteve em várias exposições, um documento assinado por Franz Liszt, caixas em prata e muito mais, como podem ver e seguir no site de Skanfil Auksjoner as.

Outros leilões que acontecem nos próximos dias, e que deixo aqui uma ligação:

- Sociedade Filatélica Rio-Grandense

- Mowbray Collectables

- Spink China - Hong Kong

- Philatino

- Subastas Europa

- Sam Houston Philatelics

- Briggs Auction 



segunda-feira, 8 de janeiro de 2018

35ª Exposição Asiática de Filatelia - MACAU 2018

A grande exposição filatélica da região asiática deste ano vai ser em Macau, a "35ª Exposição Internacional Asiática de Filatelia - MACAU 2018", de 21 a 24 de Setembro, numa organização dos "CTT - Correios e Telecomunicações de Macau", do "Clube Filatélico de Macau", e com o alto patrocínio da "F.I.A.P. - Federation of Inter-Asian Philately. É a primeira vez que este evento filatélico de âmbito regional se realiza em Macau, e terá lugar no Centro de Convenções e Exposições - The Venetian Macao.

A participação neste grande certame da filatelia asiática está aberta a todos os coleccionadores que sejam membros de clubes e associações federadas na FIAP, da Ásia e Pacífico, nas classes habituais de competição, com envio de formulário de participação até 21 de Janeiro, havendo ainda uma classe não-competitiva com colecções escolhidas pela comissão organizadora. Recebi agora o Boletim nº 1 desta exposição, que para além de conter as mensagens de boas-vindas das entidades oficiais e da comissão organizadora, apresenta os comissários nacionais dos vinte cinco países que participam, o regulamento individual de participação dos coleccionadores, o regulamento de participação dos comerciantes filatélicos e das administrações postais, que ocuparão uma área reservada a mais de setenta stands de vendas e informações.

Nas imagens que mostro, podem ver o emblema da exposição, que representa as Ruínas de São Paulo, parte do Centro Histórico de Macau, e a mascote "YOYO", que mostrando símbolos de Macau e da sua filatelia, convida os coleccionadores de todo o mundo a visitarem esta "35ª Exposição Internacional Asiática de Filatelia - MACAU 2018".


domingo, 7 de janeiro de 2018

Noticiário de Marcofilia - Janeiro - I

Começam aparecer as novas marcas postais comemorativas e de primeiro dia deste ano, criadas pelos CTT - Correios de Portugal, para assinalar os "50 Anos da Associação Portuguesa de Enfermeiros - 1968-2018", na Loja CTT de Telheiras, em Lisboa, e para a primeira emissão filatélica deste ano, os selos auto-adesivos da Madeira. Este carimbo de primeiro dia mostra no seu desenho, uma das plantas mais representativas da Madeira, a Estrelícia (Stelitzia reginae).

Estes carimbos serão apostos nas correspondências apresentadas para o efeito, nos locais e datas que indico aqui:


sábado, 6 de janeiro de 2018

O Bebé Panda Yuan Meng

O Jardim Zoológico Beauval, de França, recebeu um novo habitante no dia 4 de Agosto de 2017, dia em que nasceu o Panda Yuan Meng, o primeiro bebé panda a nascer em cativeiro, em França. É a primeira cria do casal de Pandas Gigantes originários da China, Huan Huan e Yuan Zi, que chegaram a França no dia 15 de Janeiro de 2012. A reprodução em cativeiro é muito difícil, por isso foi um momento aguardado com expectativa e ansiedade, juntando mesmo delegações oficiais dos dois países nas cerimónias de baptismo. Yuan Meng, o nome deste panda que ainda é bebé mas será gigante, significa "um sonho tornado realidade".

Os Correios de França - La Poste assinalaram esta comemoração, com o lançamento desta carteira com quatro selos de tarifa "Carta Prioritária", com primeiro dia de emissão a 4 de Dezembro, em Paris e Saint Aignan Sur Cher, um trabalho gráfico de Youz, e fotografias do ZooParc de Beauval. É uma emissão muito bonita, com muitos filatelistas seguidores deste tema, ainda mais por ser um animal tão estimado em todo o mundo, e em grave risco de extinção.



sexta-feira, 5 de janeiro de 2018

O Turismo na República Dominicana

A divulgação dos locais turísticos em selos postais começou quase ao mesmo tempo da sua criação, e digo quase, porque como todos sabemos, as primeiras imagens nos selos eram símbolos nacionais, bustos reais ou brasões de armas, mas os lugares turísticos vieram logo a seguir. É uma boa forma de promover o turismo dos países, e a sua divulgação ultrapassa fronteiras, chegando aos cantos mais recônditos do planeta.

Serve esta introdução, para vermos estas bonitas imagens da República Dominicana, que normalmente encontramos nas montras das agências de viagens. São emissões do INPOSDOM - Instituto Postal Dominicano, que foram lançadas no passado mês de Dezembro, a emissão "UPAEP - Lugares Turísticos", o selo comemorativo do "Ano Internacional do Turismo Sustentável", e os "Monumentos Coloniais", tudo com trabalho artístico de Alejandro Vignieri, com impressão na Editorama S.A., e na Litografia Ferrúa para o selo do turismo sustentável, que mostra uma paisagem de Jarabacoa. A folha da emissão "Monumentos Coloniais", são oito selos com valor facial e quatro vinhetas sem valor. E assim mostram lugares muito bonitos do seu património.



quinta-feira, 4 de janeiro de 2018

Emissões de Selos da Gronelândia

As últimas emissões de selos dos Correios da Gronelândia, foram lançadas no dia 27 de Outubro, quatro emissões que totalizam sete selos, dois blocos e uma carteira da emissão do Natal com selos auto-adesivos. E os primeiros que mostro, são da emissão conjunta com as TAAF - Terres Australes et Antarctiques Françaises, um território de ilhas francesas junto ao Pólo Sul, que tem muitas semelhanças geográficas e de biodiversidade com a Gronelândia e o Pólo Norte. E assim surge esta emissão conjunta que tem trabalho artístico de Martin Mörck, representando aves que habitam nesta região Norte. Já a emissão das TAAF reproduz o "Pinguim Imperador" e "South Polar Skua", uma ave do Pólo Sul. Mostro também o bloco filatélico emitido na Gronelândia, com os dois selos da série e uma vinheta sem valor facial, representando os pinguins do Pólo Sul.

Mostro a seguir a emissão de um selo com valor adicional para uma causa social, a "Kofoed Skole Nuuk", uma instituição e escola de integração social para jovens e adultos fundada em 1928. Para esta emissão houve também lançamento deste bloco/folha miniatura com quatro selos, que reproduz ainda a fotografia de alguns residentes da instituição. É um trabalho artístico de Miki Jacobsen, e impressão de Lowe-Martin Group, do Canadá.

O "Ambiente na Gronelândia" tem este ano mais dois selos emitidos no mesmo dia das outras séries, selos auto-adesivos de 2 e 11,50 coroas dinamarquesas, que alertam para as alterações climáticas e as toxinas que vêm da Europa, da América do Norte e da Ásia, transportadas pelos ventos e correntes oceânicas, que afectam a qualidade de vida deste povo e das espécies animais. É um trabalho artístico de Ivínguak' Stork Hoegh. Quanto à emissão do Natal, são estes dois selos com goma normal, e a carteira de doze selos auto-adesivos (seis séries), um trabalho artístico de Julie Edel Hardenberg, de Nuuk. Aqui os motivos são as Luzes de Natal, das velas e das luzes na neve, uma tradição muito interessante que esta artista relembra dos seus antepassados.

Deixo também a imagem da bonita capa de "Greenland Collector" nº 3 do volume 22, a publicação dos Correios da Gronelândia que nos dá a conhecer estas emissões filatélicas.